sábado, 7 de novembro de 2009

Mais um pouco de Budapeste

17 e 18 de Setembro de 2007

Andamos, andamos muito esses dias e encontramos muitas surpresas agradáveis e interessantes no caminho. Uma delas é a ilha Margit, é uma ilhazinha no meio do Danúbio, tem um parque muito verde e bem organizado, logo de cara vimos um chafariz e no início parecia mais um chafariz, mas depois de uns segundos olhando percebemos que toca uma musica clássica e os movimentos das águas vão no ritmo da música, paramos ali sentamos na grama e curtimos o espetáculo inesperado, e ainda me diverti com um bebezinho que engatinhava ali do lado e também se divertia muito com as águas dançantes.
Outra surpresa foi uma pizza maravilhosa que comemos enquanto procuravamos um restaurante de comida típica Húngara, já estavamos com tanta fome, que resolvemos comprar um pedaço de pizza, mas a pizza tava tão boa, super recheada, que comemos mais e deixamos o restaurante para outro dia.

Outra comidinha que nos encantou foi uma espécie de canapés, tem algumas lojas na cidade com a vitrine cheia desses paezinhos, são um pouco maiores que o canapé e o pão mais macio, tem diversos sabores e todos enfeitados, experimentamos uns dois sabores e amei, se tivesse descoberto antes teria comido todo dia !! Não tenho uma foto dessa vitrine, não sei como não tirei fotos. Procurei no internet alguma foto para ilustrar mas não achei, se alguém tiver me manda rsrsr...

Também fizemos os passeios que não podem faltar em Budapeste:

Praça dos Heroes (Hősök tere), é a praça mais importante da cidade,também conhecida como o Memorial do Milénio. Tem estátuas representando os principais lideres da cidade. No centro ao alto tem o arcanjo Gabriel segurando numa mão a coroa do primeiro rei da Hungria o San Istvan e na outra mão a cruz apostólica dois barrados uma homenagem ao Rei que lutou pelo Cristianismo na Hungria.

Ali perto passamos pelo Zoológico, que dizem ser o primeiro do mundo. Depois espiamos uma famosa casa de banho publica chamada Szecheny.

Esses Termas são conhecidos no mundo como banho turco, essa foi uma herança que a Hungria ganhou dos tempos da invasão turca. Antigamente era só permitido a entrada de homens, mas hoje já são liberados para mulheres, só os mais tradicionais que ainda não liberaram a presença feminina. Os turistas também aproveitam essa moda e se deliciam nessas casas, a mais famosa é a do Hotel Gellert onde tem uma estrutura muito boa para os turistas principalmente que não falam húngaro.

Não entramos em nenhum pois estava sem meu biquíni que foi roubado na Grecia. Mas ficamos espiando o ... que tem a parte externa com algumas frestas que pudemos observar maio ou menos como funcionava ali.


O Parlamento Húngaro: Esse dizem ter sido copiádo do Inglês, também em estilo gótico. Eles abrem visitação toda manhã para turistas, tem que chegar cedo pois são distribuidas algumas senhas, quem não conseguir só no dia seguinte. Se houver alguma manifestação pública ou votação no parlamento as vistitas também são canceladas. Portanto quem quer conhecer não deixe para o último dia.

2 comentários:

Mãe Mochileira, Filho Malinha.. disse...

Oiii..fico fleiz em saber que td foi legal com ele..é mesmo uma experiencia fantastica viajar com eles,não?? obrigada pelos votos de boa viagem,tomara que td corra bem!!
beijos e otima semana!!
;-)

Mãe Mochileira, Filho Malinha.. disse...

Oiii Aressa!! obrigada pelo carinho sempre la no blog!!;-)
Que bom que gostou dos relatos do Peru..foi mt bom mesmo,ja estou louca de saudades,rss..e a novidade é uma viagem mesmo,rss..mas dessa vez irei sozinha..mas psiiuuu..é segredo,einh!! rsss..
Beijos,otima semana!!
:-D